Notícias
Notícias
Voltar \ Mude a sua vida

Mude a sua vida

18 mar 2020
Mude a sua vida
Geral
Durma melhor, fique em forma, seja gentil e melhore a sua pegada ecológica. Damos-lhe dicas simples para mudar a sua vida.
Ambiente

Voz activa
Se a causa ecológica é importante para si, não está certamente sozinho nesta luta. E já se sabe que a união faz a força. Por isso, junte-se à sua comunidade, a uma organização com a qual se identifique, faça uma petição, qualquer coisa que faça chegar a mensagem junto dos decisores políticos e económicos.

Evite tudo o que seja descartável
Não adianta evitar o plástico se for substituí-lo por materiais descartáveis que também têm impacto no ambiente: seja talheres de madeira, palhinhas de cartão ou latas de alumínio. Opte por material reutilizável. 
 

Menos roupa
A indústria da moda é responsável por mais emissões de carbono do que a aviação e o transporte marítimo juntos. Invista na qualidade em vez de quantidade ou opte por comprar em lojas vintage e de roupa em segunda mão.


Planeie as refeições
Reduzir o desperdício alimentar também é uma boa forma de reduzir a sua pegada ambiental. Faça listas de compras, planeie as refeições, aproveite as sobras para fazer outros pratos.

Dormir

Vá para a cama a horas
Idealmente, um adulto deve dormir entre 7 a 9 horas. Além disso, seguir rotinas - como deitar-se e acordar sempre à mesma hora - melhora o sistema hormonal, cardíaco e a tensão arterial.

Menos atividade no quarto
O quarto é, principalmente, para dormir. Segundo os especialistas, num espaço reservado ao descanso e à intimidade, deve evitar ver televisão, ler durante horas, comer ou outra coisa qualquer.

Desligue do trabalho mais cedo
Pelo menos, uma hora antes de dormir, deve pôr de parte o computador, e-mail e telemóvel. Opte por um banho quente ou alguma atividade relaxante que ajude a descansar.

Faça as refeições mais cedo
Enquanto come está a dizer ao cérebro que deve manter-se acordado. Por isso, deve evitar fazê-lo algumas horas antes de dormir.

Reduza a intensidade da luz
Nas horas antes de ir dormir, diminua a intensidade da luz à sua volta, não só dos candeeiros como dos aparelhos eletrónicos.

Cafeína só até ao almoço
Há quem consiga beber café o dia todo sem ter o sono afetado. Mas, se tem dificuldade em dormir, evite beber café ou consumir outros produtos com cafeína depois da hora de almoço. A cafeína pode persistir no organismo entre 6 a 12 horas. Tome atenção aos rótulos de alguns produtos que podem conter cafeína como chocolate, cereais, sobremesas e alguns medicamentos para a dor de cabeça.

Relacionamentos 

Não caia em pressupostos
Quando conhecemos alguém há muito tempo, temos tendência para achar que sabemos o que a outra pessoa está a pensar ou a sentir. Evite fazer estas deduções, sobretudo durante as discussões. Faça mais perguntas.

Seja gentil
Conheça os gostos do seu parceiro e brinde-o com algumas gentilezas. Tenha tempo para conversar e ouvir. Às vezes, algo tão simples como demonstrar interesse por um assunto - mesmo que não goste - pode ter um grande significado para a outra pessoa.

Dê espaço
Dê espaço à outra pessoa, seja ao partilhar o mesmo espaço ou à distância. Permita que haja tempo para refletir. Evite pressionar para obter uma resposta.

Agradeça
Toda a gente gosta de sentir-se valorizada e apreciada: sejam família, amigos, colegas de trabalho. Por isso, agradeça. Pode dizer pessoalmente, por telefone ou até através de um bilhete, mas não deixe de o fazer.

Evite entrar em competição
Existe competição saudável e outra… que nem tanto. Quer estejamos a falar de amigos, colegas ou cônjuges, às vezes, a competição é para decidir quem teve o pior dia. Muitas vezes, a causa reside em não se sentir ouvido ou compreendido. 

Fale de si
Se existir uma situação que o incomodou ou magoou, evite fazer acusações ou culpar a outra pessoa. Escolha o “eu” em vez do “tu”. Fale dos seus sentimentos e da sua intenção.

Seja claro
Deixe-se de rodeios e receios e diga o que pretende daquele relacionamento. Se já passou por situações complicadas, procurar aconselhamento poderá ser uma boa alternativa.

Escolha bem
Rodeie-se de pessoas com boa energia, que o puxam para cima. Dê atenção aos sinais que o seu corpo lhe dá, à sua intuição. Se alguém o faz sentir-se esgotado, deprimido, desmotivado, talvez não seja uma boa companhia.


Dar está diretamente relacionado com o bem-estar: não só dos outros como do nosso. E não tem de dar bens materiais. Pode dar o seu tempo: converse com um vizinho solitário, ajude os seus pais em alguma tarefa (ou, simplesmente, desfrute de tempo de qualidade com a família), participe em acções de solidariedade, faça voluntariado.

Exercício físico

Seja atento
Em vez de delegar a sua saúde exclusivamente na mão dos médicos e especialistas, seja o primeiro a ter atenção ao seu bem-estar. Recolha dados sobre a sua saúde, com regularidade. Por exemplo: peso, tensão arterial, etc

Tenha sempre um plano B
Se começar a chover enquanto se preparava para ir correr, faça exercício em casa com a ajuda de um vídeo no Youtube. Programe-se de forma a ter sempre uma alternativa, em vez de arranjar desculpas.

Defina pequenos objetivos
Às vezes, a vontade de mudar de vida e de hábitos é tão grande que podemos ter a tendência de querer fazer tudo de uma vez. Opte por ter pequenos objetivos, de forma a conseguir atingi-los e ir ganhando mais motivação pelo caminho.

Seja persistente
Vários estudos demonstram que, para ganhar um hábito, é necessário implementá-lo durante cerca de 18 a 254 dias, dependendo de cada pessoa. Por isso, se não conseguir criar novas rotinas rapidamente, não desista à primeira dificuldade.

Faça escolhas mais activas
Se tem um calendário apertado entre trabalho, casa, filhos ou outras responsabilidades, faça escolhas que o obriguem a mexer-se mais: vá de escadas em vez de usar o elevador; ande mais a pé; estacione num lugar mais longe.

Socialize e partilhe
Às vezes, ajuda ter companhia para fazer exercício físico. Procure amigos, colegas ou alguém que queira juntar-se a si nesta meta de ser mais ativo. Se não tem companhia, partilhe a sua meta através das redes sociais e certamente vai encontrar outras pessoas atrás do mesmo objetivo. 

Levante-se
A maior parte das pessoas passa o dia de trabalho sentada. Levante-se a cada 30 minutos e vai exercitar não só o corpo como o cérebro. 

Alimentação

Longe dos ecrãs
Faça as refeições longe da TV, das redes sociais e do e-mail. Se estiver a comer sem prestar atenção ao que está no prato, provavelmente, vai comer mais e sentir-se menos saciado.

Leve comida para o trabalho
Planeie as refeições e leve marmita para o trabalho com tudo aquilo de que vai precisar ao longo do dia, incluindo os snacks. Assim, evita tentações e poupa dinheiro.

Pare de contar calorias
As calorias de um determinado alimento podem variar muito consoante a forma como é cozinhado. Da mesma forma, cada organismo assimila de forma diferente. Por isso, contar calorias é, na maior parte das vezes, uma tarefa inútil.

Não salte refeições
Estabilize os seus horários e cumpra religiosamente todas as refeições. Evite estar muitas horas sem comer para não desregular o organismo.

Desfrute da comida
Quer esteja a comer brócolos ou biscoitos, mastigue e aprecie o que está a comer.

Especiarias em vez de sal
Reduza o sal e use mais especiarias e ervas aromáticas. O excesso de sal aumenta o risco de doenças cardiovasculares.

Descubra o prazer de cozinhar
Opte por fazer as refeições e até as bebidas do zero. Evite recorrer ao Take away e às refeições pré-cozinhadas. Troque receitas com a família e os amigos. Aproveite fruta madura e faça bolos sem açúcar. Prefira sumos feitos em casa aos comprados no supermercado.  
Defina pequenas metas, dê um passo de cada vez e persista até atingir os seus objetivos. Qualquer dia é bom para começar. 
 
Fonte: The Guardian

Veja Também
  • Desenvolvimento pessoal: mais sobre si! 12 mar 2020
    Desenvolvimento pessoal: mais sobre si!
    Na próxima quarta-feira, dia 18, a Urban Way Portugal promove dois workshops dedicados ao desenvolvimento pessoal. Ainda vai a tempo de participar nestes eventos de entrada livre.
  • Atenção senhorios! 11 mar 2020
    Geral, Lar Doce Lar
    Atenção senhorios!
    Já são conhecidos os valores de correção extraordinária para 2019 e 2020 que permitem aos senhorios atualizar as rendas anteriores a 1980. Os aumentos são feitos com base no coeficiente de inflação (...)
  • Desperdício Zero: um desafio familiar 19 mar 2020
    Lar Doce Lar, Ambiente
    Desperdício Zero: um desafio familiar
    Gostava de fazer um consumo mais consciente e reduzir o desperdício, mas não sabe por onde começar? Explicamos-lhe em 5 passos como deve fazer.